Escrituração Contábil: Saiba como fazer para sua empresa!

Uncategorized

Você sabia que a Escrituração Contábil já era usada pelos antigos faraós para controlar seus bens e direitos? Afinal, a nobreza egípcia precisava saber, exatamente, quanto dinheiro tinha disponível e quais eram as propriedades sob seu domínio, com o intuito de garantir a continuidade do seu reinado. Os antigos mercadores também eram adeptos dessa ferramenta. A Escrituração Contábil era fundamental para fazer com que as dívidas não fossem quitadas depois do prazo, evitando o pagamento de multas e juros e o desabastecimento das cidades. Como você deve imaginar, ninguém gosta de amargar prejuízos, não é mesmo? E hoje? Como as empresas se beneficiam da Escrituração Contábil? Quem é obrigado a fazer? A seguir, explicaremos melhor a importância dessa obrigação e tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto. Vamos lá? Acompanhe!

O que é Escrituração Contábil?

Escriturar é efetuar lançamentos em uma conta. Complicou? Então, vamos explicar melhor: a escrituração pode ser entendida como o controle da movimentação contábil de uma empresa, registrado em ordem cronológica.  O objetivo por trás dessa técnica é controlar o patrimônio da empresa e garantir uma gestão mais eficiente do negócio. No entanto, a maioria das empresas faz a Escrituração Contábil visando atender às exigências dos órgãos fiscais.  Podemos dizer, portanto, que, na prática, a Escrituração Contábil avalia o impacto de operações de compra, venda e empréstimos no patrimônio de uma empresa. É com base nesses lançamentos que a Gestão Patrimonial é realizada. 

Quem deve fazer?

Todas as pessoas jurídicas são obrigadas a fazer a Escrituração Contábil, o que inclui as micros e as pequenas empresas optantes ou não pelo Simples Nacional.  A única exceção é o Microempreendedor Individual (MEI), já que esse modelo de empresa segue uma versão simplificada do Simples Nacional.  No entanto, mesmo desobrigado, o empreendedor pode fazer a escrituração uma vez que tal ferramenta é fundamental para guiar ações gerenciais e garantir que as decisões sejam tomadas de forma mais assertiva.

Como a Escrituração Contábil é feita?

Os lançamentos são divididos em grupos de Ativos (que incluem bens e direitos), Passivos ( grupo em que são escrituradas as obrigações da empresa) e Patrimônio Líquido (que decorre do resultado da empresa em determinado período, ou seja, pode ser positivo ou negativo). As informações devem exibir data, valores e breve descrição do fato contábil ocorrido na empresa. Todas essas informações são fundamentais para a criação do livro fiscal e contábil da empresa; por isso devem ser lançadas corretamente.  Vale observar que os registros não podem conter rasuras, o que elimina a possibilidade de fraudes e modificações. Caso haja algum erro, é preciso corrigir o lançamento por meio da chamada “Retificação de Lançamento Contábil”.

O que é Escrituração Contábil Digital?

Nos últimos anos, as empresas passaram a fazer a escrituração de forma digital via Sistema Público de Escrituração Digital (SPED). Por meio dessa ferramenta, as empresas enviam aos órgãos de fiscalização o registro contábil e fiscal da empresa na data especificada pela legislação. Para que tenha validade, no entanto, o relatório deve ser assinado digitalmente. 

Quais os benefícios da Escrituração Contábil?

A Escrituração Contábil serve de base para a emissão de diversos documentos como a demonstração de resultados, o fluxo de caixa e o balanço patrimonial da empresa.  Isso significa que, se mantiver a escrituração em dia, o empreendedor não terá problemas na hora de preencher e enviar seus dados fiscais às autoridades competentes e, assim, ficará em dia com o Fisco.  Além disso, essa técnica oferece os seguintes benefícios à empresa:

Garante uma gestão empresarial mais eficiente

Empresas que fazem a escrituração de forma correta conhecem melhor a sua situação financeira e a sua evolução patrimonial.  Como você sabe, todas essas informações são fundamentais para traçar um Plano de Negócios e garantir que o negócio possa se destacar no segmento em que atua. Esses dados também podem ser usados para analisar a evolução do endividamento da empresa, caso haja, e se há a necessidade de um aporte de capital. Outra funcionalidade para o documento diz respeito à solicitação de um empréstimo na rede bancária. 

Auxilia a empresa nos processos judiciais

A Escrituração Contábil também serve de prova em ações que tramitam na Justiça e dependem de perícia contábil. Nesse caso, as informações podem beneficiar a empresa em processos trabalhistas, em pedidos de recuperação judicial e até mesmo nas disputas societárias.

Garante o Compliance Fiscal

 Compliance Fiscal é o conjunto de técnicas utilizadas para garantir o cumprimento das normas e dos preceitos legais. Trata-se de uma ferramenta contábil que possibilita o  Planejamento Tributário e garante que a empresa não pague mais impostos do que o necessário.  A Escrituração Contábil colabora com esse objetivo ao facilitar o controle de todos os processos internos, identificando e evitando desvios ou erros nos processos legais. 

Tirou todas as suas dúvidas sobre Escrituração Contábil? Quer se manter informado? Aproveite e confira outros conteúdos do nosso blog!

Baixe nosso aplicativo

É por meio dele que te ajudaremos em todos os passos da sua jornada empreendedora!

Quer abrir sua empresa?

Conheça o nosso passo a passo para abrir sua empresa! Sua jornada empreendedora será acompanhada desde o primeiro passo!

Precisa de contabilidade?

Um time de contadores especialistas dedicados a ajudar e orientar em toda sua gestão financeira! Saiba como contratar a Óbvia!

Envie sua mensagem!
Dúvidas? Envie uma mensagem!