Razão social e nome fantasia: o que são e quais as diferenças?

Uncategorized

Vai abrir uma empresa? Então, você deve escolher a razão social e o nome fantasia. Essas informações constam no registro e são fundamentais para o sucesso de um negócio. Quando um cliente faz uma compra na sua loja, a razão social é o nome que sai impresso no cupom fiscal. É também o que consta no Alvará de Funcionamento. Já o nome fantasia é o que está na placa, nas campanhas de publicidade, no site e nas redes sociais da marca.  Mas quais são as outras diferenças entre razão social e nome fantasia? Saiba que é possível alterar esses termos. É o que você vai descobrir agora! Vamos lá? Acompanhe!

O que é razão social?

Razão social é o nome de registro da empresa nos órgãos municipais, estaduais e federais. Também é o que consta em contratos, notas fiscais, contas bancárias e nos outros documentos oficiais da empresa.  Também chamada de “denominação social”, a razão social é criada concomitantemente com o CNPJ. Deve ser única, ou seja, diferentes empresas não podem ter a mesma razão social; caso contrário, o registro não poderá ser feito. A razão social equivale, portanto, a uma “certidão de batismo” da empresa, assim como o CNPJ ou o CPF. 

Como escolher a razão social da empresa?

Existe uma regrinha: a razão social deve ter três palavras. A primeira pode ser qualquer nome, a seu critério. A segunda deve remeter à atividade principal da empresa, como comércio, saúde ou serviço. Já a terceira deve indicar o enquadramento jurídico, ou seja, MEI, ME, LTDA ou S.A. Quer alguns exemplos? A razão social da Coca Cola é “Coca Cola Indústrias LTDA” e a do supermercado Carrefour é “Carrefour Comércio e Indústria Ltda”. Já a do Nu Bank é Nu Pagamentos S.A. Além de identificar o negócio, a razão social permite que a empresa exerça suas atividades legalmente, de acordo com as normas da legislação vigente. 

E o nome fantasia? O que é?

Também conhecido como “nome comercial”, o nome fantasia é o que aparece na placa, nas mídias sociais e no site da empresa. Trata-se de uma das primeiras coisas que os clientes em potencial ficam sabendo sobre a marca de uma empresa. O nome fantasia conecta os consumidores aos produtos ou serviços, o que significa que um bom negócio e um bom nome comercial deixarão a empresa mais perto do sucesso.  O nome fantasia pode ser o mesmo da razão social e não precisa atender a regras específicas. No entanto, como o objetivo é fazer com que os clientes lembrem da empresa, essa denominação deve ser sonora, fácil de ser pronunciada, escrita e soletrada.  Por quê? Os clientes devem encontrar a sua empresa facilmente em sites de busca e nas mídias sociais. A “banda !!!” tem um nome interessante, não é mesmo? Mas tente procurá-la no Google: você verá que não é nada fácil. Não sabe por onde começar? Pense em um nome e peça a opinião de amigos, parentes e potenciais consumidores sobre a escolha. Afinal, não é porque você gostou que o nome é bom, certo? Se todos concordarem que o nome é sonoro e chamativo, aposte nessa ideia. Lembre-se: o nome deve transmitir os valores da empresa e os atributos que você considera importantes como beleza, pontualidade, eficiência, qualidade e conforto.

Considere a evolução da marca

Além disso, é importante considerar a evolução do negócio. Quem atua no setor de tecnologia, por exemplo, não deve escolher um nome fantasia que se torne obsoleto com o passar do tempo.  Nesse caso, o ideal é optar por um nome abstrato para não ter de alterá-lo em um futuro próximo.  Também é bom evitar nomes que remetam a uma cidade. Se você planeja trabalhar apenas localmente, isso pode ser útil. No entanto, à medida que o negócio cresce, isso passa a ser um problema.  Um ótimo exemplo é Minnesota Manufacturing and Mining. Inicialmente, o nome funcionou porque o negócio estava concentrado naquele estado americano. Mas, assim que cresceu muito além das fronteiras, a empresa passou a ser conhecida como 3M. 

Usar ou não o próprio nome

Como você sabe, muitos empreendedores usam o nome e o sobrenome como nome fantasia. É preciso observar, no entanto, se é interessante vincular um nome próprio a uma marca.  Por quê? Caso seja preciso vender a empresa ou dividir a responsabilidade com outros sócios, esse nome passará a ser de outras pessoas, o que, é claro, pode não ser muito bom.  Além disso, se você quiser adicionar uma linha de produtos ou expandir a empresa, seria interessante usar um nome que dialogasse melhor com os consumidores. 

Dá para registrar o nome fantasia?

Caso deseje, o empreendedor pode registrar o nome fantasia no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial), órgão responsável por marcas, nomes e patentes. Esse procedimento dá direito ao uso da marca e impede que outras empresas usem o mesmo nome fantasia.  Isso significa que não é permitido a um empreendedor usar um nome fantasia registrado por outra empresa. É um impedimento legal que dá segurança jurídica às empresas do país.

O MEI pode ter um nome fantasia?

O MEI também pode dar um nome fantasia à empresa. Como fazer isso? Dá para “batizar” a marca na hora de formalizar ou depois que a empresa já começou a funcionar. Nesse caso, basta atualizar o cadastro no Portal do Empreendedor Claro, como dissemos acima, antes de escolher um nome, é importante verificar se ele foi registrado por outra empresa. Para isso, faça uma pesquisa no site do INPI ou na Internet. 

Razão social e nome fantasia: quais as principais diferenças?

Como você deve ter percebido, a razão social e o nome fantasia têm finalidades diferentes.  A razão social deve seguir alguns preceitos legais. Contém informações básicas da empresa e é um nome de registro. Já o nome fantasia é opcional e corresponde a forma pela qual os clientes se referem a uma empresa. Esses termos são, portanto, atributos diferentes de um mesmo negócio. Gostou do conteúdo? Quer continuar bem informado? Então, continue lendo o nosso blog!  Publicamos novos artigos todos os dias!

 

Baixe nosso aplicativo

É por meio dele que te ajudaremos em todos os passos da sua jornada empreendedora!

Quer abrir sua empresa?

Conheça o nosso passo a passo para abrir sua empresa! Sua jornada empreendedora será acompanhada desde o primeiro passo!

Precisa de contabilidade?

Um time de contadores especialistas dedicados a ajudar e orientar em toda sua gestão financeira! Saiba como contratar a Óbvia!

Envie sua mensagem!
Dúvidas? Envie uma mensagem!